Como começar a usar as mídias sociais para aumentar o faturamento do seu restaurante

Uma das principais dúvidas que eu recebo quase que diariamente de pessoas que possuem ou trabalham em redes de restaurantes é como usar as mídias sociais para aumentar as vendas.

Está cada vez mais claro que Facebook e Instagram estão ganhando cada vez mais espaço,  juntamente de programas de fidelidade em aplicativos para celulares ( Apps),  além do Foursquare e Trip Advisor. Eeste último,  ganhando cada vez mais adeptos pelo fato de estar integrado com a plataforma Multiplus, gerando pontos para quem participa e que podem ser convertidos em milhas de companhias aéreas.

Organizei 3 perfis, onde eu mostro o que se precisa avaliar na hora de realizar este tipo de investimento. Confira:

 

#1 – NÃO USAMOS A INTERNET PARA NADA E QUEREMOS COMEÇAR A USAR

O principal a se pensar é que hoje as mídias sociais são um canal de atendimento. Pessoas que são clientes ou não, irão entrar em contato através das suas mídias sociais e você deverá responder isso. Continue lendo 'Como começar a usar as mídias sociais para aumentar o faturamento do seu restaurante'»

Qual é a sua dúvida sobre marketing digital?

Marketing Digital é um tema cada vez mais amplo e cheio de detalhes que poderão fazer toda a diferença para o seu negócio. O fato é que não há uma regra pronta, uma lista imutável. O que temos é um grande volume de técnicas que deverão ser adicionadas de forma mensurável à rotina do seu negócio para ajudar você a vender melhor.

Por isso, para que o marketing digital faça cada vez mais sentido para o seu negócio, eu vou escrever no meu blog posts sobre as dúvidas que você escrever nos comentários dos meus artigos ou que você me enviar por e-mail.

Qual é a sua dúvida sobre marketing digital?

Marketing Digital: Como resolver os principais problemas na rotina de quem precisa atualizar o site da empresa

Um dos principais diferenciais de sites em WordPress é a facilidade para realizar atualizações de conteúdo, tanto imagens quanto texto ou vídeos. Nestes mais de 10 anos de desenvolvimento e publicação de sites, acompanhados de gestão de conteúdo, pude identificar uma série de problemas frequentes que clientes e suas equipes encontraram quando começaram a realizar atualizações em seus sites.

Decidi reunir neste post alguns dos principais, ou pelo menos mais comuns, tornando este conteúdo em uma espécie de FAQ ou Guia para Iniciantes.

Principais problemas de quem atualiza sites em WordPress:

1. CONTAMINAR O SITE COM MALWERE

Se o seu computador estiver contaminado com algum tipo de vírus, você almenta o risco de contaminar o seu site quando for atualizá-lo. Isso acontece porque Continue lendo 'Marketing Digital: Como resolver os principais problemas na rotina de quem precisa atualizar o site da empresa'»

Como vender serviços de consultoria usando marketing digital

Marketing Digital e Marketing de conteúdo quando utilizados forma eficaz podem ajudar a reduzir o tempo de venda no modelo de negócios de Serviços de Consultoria em geral. É importante destacar que o site não irá gerar clientes diretos, ou seja, aqueles que encontraram o contato do consultor na internet apenas pesquisando uma palavra-chave e entrando no site. O processo de escolha e contratação passa por uma busca de conteúdo em várias etapas, que frequentemente pode levar algumas semanas e até meses para a decisão final de contratatação. Continue lendo 'Como vender serviços de consultoria usando marketing digital'»

Marketing Digital e o que fazer para vender melhor

Marketing Digital tem como um dos seus pilares principais a produção, publicação e indexação de conteúdo nos mecanismos de busca. Ao longo destes mais de 5 anos eu escrevi diversos posts sobre o que fazer para vender melhor usando entre outras ferramentas, blogs e marketing de conteúdo. Eu listei alguns posts que considero relevantes para estes temas abaixo: Continue lendo 'Marketing Digital e o que fazer para vender melhor'»

Marketing Digital proporcionando aulas de empreendedorismo muito além da sala de aula

O marketing digital tem me proporcionado desafios interessantes como:

  • Realizar palestras e seminários de marketing digital em Campinas e São Paulo,

  • Treinar equipes de venda para usar as ferramentas digitais para vender melhor,

  • Ser indicado como referência por Empresas centenárias para dar entrevistas na TV

  • Ser convidado para dar aulas de pós-graduação

  • Fazer empresas gastarem menos com propaganda tradicional e produzirem leads como nunca produziram antes

  • Ajudar agências de propaganda a reinventarem a forma que a propaganda gera resultado para os anunciantes

Mas, um destes desafios tem sido particularmente o mais interessante e motivador dos últimos 5 anos. Atualmente eu sou o que podemos chamar de Professor de Empreendedorismo para alunos do Ensino Fundamental 2, ou simplesmente agitador de potencial empreendedor.

Funciona assim: você encontra estudantes de 10, 11 e 12 anos 1 vez por semana e faz eles terem certeza e convicção plena de que mudarão o mundo desde já.

Bom para fazer isso acontecer há uma metodologia, chamada OPEE ( Orientação Profissional, Empregabilidade e Empreendedorismo ), cujo o autor é o renomado Leo Fraiman que cultiva uma vasta carreira dedicada ao desenvolvimento do projeto de vida dos estudantes, e que é a linha que ajuda a tecer as aulas e atividades multidisciplinares desta matéria divirtidíssima e empolgante.

Como o público-alvo já nasceu na era digital, usar a internet para complementar as aulas não é um problema, como algumas vezes é com gerações com mais idade e paradigmas mais sólidos. Até me surpreendi ao constatar o fato de que para eles, pré-adolescentes, email é “coisa de velho”.

blog-empreendedorismo marketing digital

Criei um blog para o Colégio Álamo, o Conexões Nervosas – Ideias muito além da caixa craniana, onde eu estou me divertindo muito ao publicar conteúdo complementar às aulas.

Abaixo, listo os primeiros posts, que como mencionei, já estão sendo usados nas aulas de empreendedorismo.

Criar o que não existe com aquilo que você não tem

Uma das melhores definições sobre empreendedorismo que eu tive a oportunidade de ouvir: ” Empreendedorismo é criar o que não existe com aquilo que você não tem.” Simples. Direto. Sintetizador. Prático. Aliás, ouvi várias vezes de diferentes pessoas.

Veja o post completo

Acorde cedo, trabalhe duro e faça acontecer

No empreendedorismo muito se fala em sonhos, sonhar grande, que devemos sempre sonhar. Sonhar é fundamental. É o primeiro passo. Mas …

Veja o post completo

Como anda a sua autoestima?

No Colégio Particular Álamo, um dos objetivos da matéria empreendedorismo é criar provocações na mente e na alma de nossos alunos sobre quem são, sobre como se percebem, sobre suas habilidades. Queremos lançar questões profundas para que comecem a pensar em seu projeto de vida. Veja o post completo

Conversamos sobre atitude empreendedora com o CEO da Digitale

Uma trajetória super inspiradora para quem deseja iniciar o próprio negócio. É assim que podemos resumir os últimos 11 anos da História de Samuel Leite, o atual CEO da Digitale, que faz parte da maior multinacional brasileira de comunicação. Veja o Post completo

Como aumentar a qualidade da sua lista de e-mails e reduzir custos de comunicação para vender mais e melhor

ORÇAMENTO DE LIMPEZA DE MAILLING E MANUTENÇÃO DE LISTA DE EMAIL MARKETING E NEWSLETTER

DOWNLOAD ORÇAMENTO COMPLETO NO FINAL DO POST

Em 1995 era possível pensar em ter um negócio competitivo sem ter um site. Atualmente, em 2013, praticamente não dá para ser competitivo sem estar presente na internet. Toda esta mudança aconteceu em 18 anos e se você não adaptou o seu negócio, hoje pode estar sendo mais difícil continuar sendo competitivo com um negócio que fatura e é lucrativo.

Durante estes 18 anos, o e-mail marketing tornou-se “velho”. As novas gerações preferem os canais de comunicação imediata como mensagens tipo SMS, Skype, Chats ou aplicativos mobile como o What’s Up.

Porém o email marketing, além de “velho”, fortaleceu-se como um clássico e hoje, nos Estados Unidos, ocupa o terceiro lugar entre as principais fontes de tráfego que compram ou solicitam orçamentos na internet, segundo dados apresentados durante o maior evento de E-commerce do planeta em outubro de 2013, o Shop.org 2013, que acontece anualmente nos Estados Unidos.

Você deve estar lembrando agora da enxurrada de Mensagens Spam que atolam sua caixa de entrada e questionando a veracidade destes números que citei acima. Pois, é …

Cada vez mais temos mensagens tipo spam e cada vez mais temos filtros inteligentes e práticas anti-spam aprimoradas, capazes de garantir altas taxas de entregabilidade para listas de e-mails que foram construídas de forma orgânica, natural, onde os clientes pedem para receber as mensagens.

Se você simplesmente compra uma lista de milhares ou até mesmo milhões de e-mails que não é tratada e utilizada com frequência e relevância, você vai estar longe de ter os e-mails como terceira fonte de tráfego no seu site.

Se você produz conteúdo com frequência e envia mensagens relevantes com frequência para a sua base de clientes cadastrados, entendendo o perfil de cada grupo, suas chances de sucesso são excelentes.

 

Porque o email marketing está forte como nunca?

Eu entendo que pelo fato da explosão de smartphones deixar as pessoas conectadas praticamente 100% do tempo, o e-mail foi beneficiado.

Junto disso, a grande variedade de plataformas de gestão e envio de e-mail marketing e newsletters com preços mais acessíveis e a evolução dos filtros anti-spam estão cada vez mais tornando o e-mail marketing um dos canais de comunicação e aquisição de clientes com o melhor custo benefício, perdendo apenas para o melhor de todos, que sempre será o melhor que é a indicação, o boca-a-boca promovido por clientes satisfeitos.

Com o domínio dos motores de busca como o Google, as campanhas de links patrocinados tornaram-se um canal cada vez mais acessível e com custos baixos. Porém, os links patrocinados estão inflacionados, o que torna o custo de aquisição de novos clientes muito caro.

Além disso, se a empresa que faz links patrocinados para ter tráfego no seu site e não cadastra o cliente para depois conversar diretamente com ele por e-mail, estará pagando repetidamente o custo do link patrocinado para ter o acesso do cliente novamente.

Este custo poderá ser reduzido se o site conquistar tráfego orgânico ( aparece nas primeiras posições de forma natural, sem pagar para o Google ) por causa do SEO e do Marketing de Conteúdo, mas se não tiver o cadastro do e-mail do cliente para depois enviar mensagens pertinentes e relevantes, este custo ao longo do tempo também poderá tornar-se impraticável.

 

Como deve ser realizado o cadastro de e-mails de clientes ou leads (quem ainda não comprou) ?

O ideal é ter um formulário simples de cadastro do usuário no seu site e se você tem um ponto físico ou outras formas de interação com o público-alvo, ter uma forma de cadastrar os e-mails destas pessoas.

Se possível, tenha opções de interesse para conseguir segmentar sua lista. Opções de localização como cidade, estado ou cep também são relevantes.

Os cadastros geralmente acontecem por fatores de seleção de interesse como:

  • Cadastre-se para saber o preço / receber orçamento
  • Cadastres-se para receber dicas sobre determinado assunto
  • Cadastre-se para ter acesso a  um conteúdo ( donwload, acesso restrito, etc )
  • Cadastre-se para ter desconto, benefício, participar de promoção ou concurso

Porém, o crescimento da lista desta forma demora. É a lei da colheita.

Uma lista de boa qualidade deve ter uma taxa de abertura entre 15% e 25%. Você deve ser tarado por buscar uma taxa de abertura de 30%. Há diversos fatores que influenciam esta taxa de abertura e poderemos tratar especificamente de cada um deles depois.

Além disso, dá um trabalho duro produzir conteúdo realmente relevante e ações realmente impactantes para fazer o sujeito dar o e-mail dele para você.

Por isso, muita gente compra listas ou compra disparos.

 

Devo comprar listas ou comprar disparos de e-mail marketing?

COMPRA DE ENVIO

Eu recomendo que você compre o disparo, porém sempre de empresas que tratam suas listas de forma constante e dentro das políticas anti-spam. A lista deve ser limpa constantemente e deve receber mensagens de interesse do segmento específico que a lista representa.

A mensagem que você vai enviar deverá ser altamente relevante para o perfil da lista que você está comprando o envio.

E principalmente, você deverá ter uma página focada em receber o tráfego da mensagem que foi enviada para esta lista e convertê-lo em cadastro.

Estes serão os melhores e-mails que você poder ter deste envio comprado. Eles tem potencial de abertura e de conversão em cliente.

COMPRA DE LISTA

Eu realmente NÃO RECOMENDO que você compre listas de milhares de e-mails que custam baratinho. Estes e-mails são capturados por robôs de forma extremamente genérica e a qualidade destas listas é muitíssimo baixa.

Elas tendem a ter uma quantidade de erros no primeiro disparo extremamente alta e as ferramentas de envio de email marketing irão bloquear a sua conta por causa disso.

Além disso, o domínio do remente da mensagem ficará classificado como SPAM e a entregabilidade das suas mensagens será afetada por um bom tempo.

Mas, se você está decidido a comprar, que compre uma lista ativa e tratada com frequência. O melhor sinal de que isso acontece é o valor da lista ser caro, ou você ter que negociar bastante para convencer o dono da lista a vende-la e não vender somente o disparo.

 

TRATAMENTO DE LISTA DE E-MAILS

LIMPEZA INICIAL

Sua lista passará por um processo inicial de limpeza para realizar a retirada dos e-mails inválidos e que apresentam erro durante o processo de envio.

Este processo é mais demorado pois a lista deverá ser organizada, se possível, em diverentes seguimentos e após o envio ser realizado há uma altíssima probabilidade da lista ser bloqueada devido a alta taxa de erro. Dependendo do volume de e-mails esta etapa poderá levar até 15 dias.

REATIVAÇÃO DE CADASTROS

Os e-mails limpos entrarão agora em outra ferramenta, específica para o envio de e-mail marketing e newsletter.

Será elaborada uma mensagem com foco no perfil do segmento que sua empresa trabalha, com foco na atualização do cadastro.

Na sequência será enviada uma outra mensagem, dentro de 5 dias, com conteúdo altamente relevante para o usuário e com foco na taxa de abertura da mensagem.

LIMPEZA FINAL

Somente os usuários que abriram as mensagens durante todo o processo de limpeza permanecerão na lista, o que deverá impulsionar sua taxa de abertura de mensagens.

 

AGORA NÃO TEM MAIS VOLTA

Se você não der sequência no envio de novas mensagens com conteúdo relevante, que realmente interessa, sua lista de e-mails irá deteriorar novamente.

A cada 90 dias, cerca de 30% da lista já tem alta probabilidade de estar comprometida.

É preciso manter-se presente constantemente, dentro da prioridade e frequência determinada pelo usuário.

IMPORTANTE

A – Para que isso funcione, você precisa ter uma produção no mínimo quinzenal de conteúdo em um blog dentro do seu site.

B – Você precisa ter um formulário de cadastro simples no seu site

C – Não faça somente mensagens do tipo “folheto de propaganda”. Precisa ter conteúdo relevante, precisa ter texto que ajude o usuário a resolver problemas, e para resolver alguns destes problemas ele precisará comprar ou consumir algo que você vende.

D – A ferramenta de envio deverá estar integrada com o site para realizar o envio destes conteúdos de forma automática. Atualizou o site, a mensagem é enviada na data que você programou.

 

FAÇA DOWNLOAD DO ORÇAMENTO COMPLETO

Cadastre seu nome e e-mail e tenha acesso ao orçamento completo em PDF para download.

Nome

E-mail

Palestra sobre Negócios na Internet

Pessoal, para quem foi na palestra que aconteceu em outubro na Saraiva do Shopping Iguatemi, aqui estão os slides.

Para quem não foi, além dos slides abaixo, leia o artigo

Perguntas sobre Marketing Digital e Lojas Virtuais para você se fazer antes de investir nisso

3 perguntas sobre comércio eletrônico para fazer você pensar.

Muito se fala em eventos, cursos e palestras Brasil afora sobre o fato do comércio eletrônico no Brasil não proporcionar operações lucrativas. É assustador saber que empresas como a Netshoes, que gera uma média de 40.000 pedidos por dia ( isso mesmo, 40.000 pedidos por dia ) e tem um volume da ordem de  14 milhões de visitas por mês, tem dificuldades para tornar a operação lucrativa.

Por conta disso, aqui vão 3 perguntas para fazer você pensar:

1. Qual é a taxa de retorno ou o ROI que você tem sobre os investimentos para gerar tráfego no seu site?

Se você não sabe o que é ROI ou não faz a conta para determinar se o seu Retorno sobre Investimento em ações de propaganda é adequado, você pode até ter clientes, mas talvez não tenha lucro. Sua operação dá prejuízo ou você tem um sério problema de fluxo de caixa.

Se depois de fazer a conta, o seu ROI for 4 ou menor que isso, você está comprometendo 25% ou mais do faturamento somente com a aquisição de novos clientes. Se for links patrocinados, 25% do que você fatura na aquisição de novos clientes está indo para o Google.

Pior ainda se o cliente que já comprou de você clicar novamente nos links patrocinados para fazer uma nova compra. Sua conta nunca vai fechar!

 

2. O que você faz para gerar tráfego engajado e de referência no seu site?

Tráfego engajado é o maior aliado na construção de um ROI saudável no e-commerce. Porém dá muito trabalho porque tem que pensar fora da caixa, sair do mesmo, e fazer ações com conteúdo inédito e altamente relevante para o seu público-alvo.

O custo de aquisição de novos clientes através do tráfego engajado é bem menor, o que gera taxas de retorno bem mais competitivas. O engajamento vai muito além dos likes. O engajamento envolve comentários, participação ativa e compartilhamentos feitos pela vontade própria dos clientes e não somente por que podem ganhar algo.

 

3.  Como você organiza o mix de produtos do seu e-commerce?

Se você tem uma loja física e uma loja virtual, saiba que somente 14% dos clientes compram em ambas. O restante, ou compra só na física ou só na virtual.

Os clientes que compram nas lojas virtuais gastam mais, preferem pagar com cartão e parcelar. Por isso, os produtos da sua loja virtual devem ser da sua curva A, B e talvez C, ou seja, os produtos que mais vendem e que você possui mais margem.

Você precisa fazer isso para sua operação ser lucrativa. O que você vende na loja física com lucro, pode dar prejuízo se for vendido pela internet. Você já parou para fazer esta conta que envolve taxas de cartão de crédito,  taxas de gateway de pagamento, custo de marketing, logística, análise anti-fraude, fluxo de recebimento, possível logística reversa e por ai vai…

 

Participe! Comente! Divida sua experiência e ajude a construir um mercado melhor em um país melhor. Dividindo a sua experiência com o seu comentário, você poderá abrir a mente de alguém que pode estar tendo muitas dificuldades em uma operação de comércio virtual. Lendo comentários de outros, você poderá ter ideias fenomenais para tornar o seu negócio mais competitivo. Comente, comente, comente!

Perguntas sobre Marketing Digital e Lojas Virtuais para você se fazer antes de investir nisso

Unisal Campinas e Livraria Saraiva Shopping Iguatemi apresentam Rogério Kobal, consultor de marketing digital em:

Negócios na internet: são um bom negócio?

neste sábado 19/10, 18h na Livraria Saraiva do Shopping Iguatemi Campinas

Descubra algumas das melhores perguntas que você precisa ter em mente para encontrar as melhores respostas para suas dúvidas, medos e anseios sobre como usar a internet para vender melhor. Todos os dias eu recebo várias perguntas de pessoas interessadas em abrir uma loja virtual. São pessoas que já possuem um trabalho que lhes proporciona uma renda fixa, ou já possuem uma loja física e desejam ter uma loja virtual.

Algumas pessoas possuem empresas de serviços e desejam criar versões de seus serviços que poderiam ser compradas pela internet.

Acredito que o o ponto em comum entre todos é a percepção equivocada de que uma loja virtual é um investimento barato e que não gera muito trabalho e preocupações.

Veja bem, não existe dinheiro fácil. Muito menos site fácil de fazer. Menos ainda uma loja virtual baratinha e que não dá trabalho mas vende muito depois que entra no ar. Não tem mágica. O sinônimo do sucesso é tem origem nos 4 F´s do empreendedorismo: Foco, Fé, Força e Fôda-se! Tenha coragem de trabalhar muito, como você nunca trabalhou antes em busca dos seus objetivos.

Eu reuni diversas perguntas que respondi nos últimos meses sobre abertura de lojas virtuais na internet. São respostas baseadas em conteúdos apresentados em alguns dos principais eventos de comércio eletrônico de 2013, entre eles o IRCE 2013, o Shop.org 2013, que acontecem anualmente nos Estados Unidos, além do Rakuten Super Expo 2013 que aconteceu recentemente em São Paulo, e claro, em histórias de fracassos e sucessos meus, de clientes e amigos.

Durante a Palestra sobre Negócios na Internet, que acontece neste sábado dia 19/10 na Saraiva do Shopping Iguatemi Campinas, eu vou responder a todas estas perguntas, além das dúvidas e questionamentos que você levar.

 

Quanto custa ter uma loja virtual?

Preparei uma tabela simples comparando diferentes plataformas e tamanhos além de ressaltar as necessidades de divulgação e manutenção após o lançamento da loja.

O que eu preciso fazer para abrir uma loja virtual?

São vários itens muito importantes no que diz respeito a estrutura além de escolher muito bem o segmento de atuação e as categorias de produto

Preciso me preocupar com gateway de pagamento e análise de risco em pagamentos com cartão de crédito?

É fundamental que a tecnologia da sua operação de comércio eletrônico proporcione formas de pagamento estáveis, seguras e que estejam preparadas para o seu volume de transações. Segundo o diretor do Ibope em sua apresentação no Rakuten Super Expo, algumas da principais lojas de comércio eletrônico do Brasil chegam a ter 1 pedido a cada 10 segundos em momentos de pico! Saiba mais sobre este item que impacta sua lucratividade e faturamento diretamente durante a palestra.

 

É viável Investir em links patrocinados para ter uma operação de venda lucrativa na internet?

As palavras-chave dos produtos mais concorridos estão inflacionadas. Hoje é muito caro pagar o preço do clique de produtos de alto giro e desejo. Isso associado a um cenário onde a conversão média de visitas em compras é de 1% ( a cada 100 viistas, temos 1 compra ) o gasto praticado para se vender um produto pode chegar a 30% do valor do pedido. A conta não vai fechar nunca. Saiba mais na palestra.

Qual plataforma é a mais indicada para começar uma loja virtual?

Para quem é pequeno e está começando, é altamente indicado estar presente em um market place para usufruir da diluição de custos e pagamento por resultados. Mas uma alternativa para quem consegue se organizar para produzir conteúdo de forma constante são plataformas open sorce ou de baixo custo. Entenda melhor durante a palestra

 

Com quantos produtos devo abrir minha loja virtual?

Tudo depende de sua capacidade de investimento x quantidade de produtos que será ofertada x espectativa de entrega. Se sua loja for especializada ou uma loja de departamentos, o mix de produtos deverá estar equilibrado para gerar uma operação lucrativa. Nem sempre quantidade é sinônimo de lucratividade. Conheça o motivo durante a palestra.

 

O que é taxa de conversão? Isso é um indicador importante?

Taxa de conversão é o índice que mostra quantas visitas realizaram uma compra dentro do seu site. Junto com a taxa de abandono de carrinho é uma das principais métricas de comércio eletrônico, mas deve ser utilizada com inteligência. Veja como durante a palestra.

O que é abandono de carrinho?

É muito comum os usuários adicionarem produtos no carrinho de compras virtual, adicionar o cep e calcular o custo total do pedido apenas como pesquisa e depois abandonar o carrinho para fazer a mesma coisa em outro site. Esta é uma das principais métricas de comércio eletrônico. Veja ideias para melhorar esta taxa durante a palestra.

Como devemos usar o e-mail marketing para vender produtos?

Sempre. Email marketing faz toda diferença quando bem utilizado. Entenda as principais tendências e dicas de uso num contexto cada vez mais mobile.

 

O que é design responsivo e porque isso é cada vez mais importante?

É um design que se ajusta de forma mais agradável nas telas de tablets e smartphones

 

Qual é a diferença entre uma loja virtual própria e um Market Place virtual?

Market Place é um shopping. Reune diferentes lojas que compartilham da mesma plataforma e do mesmo carrinho de compras. Loja Própria é uma loja que utiliza uma plataforma específica.

 

E mais …

Qual é a importância de Smartphones e Tablets para o comércio eletrônico?

Quanto custa uma plataforma completa e personalizada?

Quanto custa uma plafaforma customizável para lojas iniciantes?

Qual é a importância de SEO e Links Patrocinados?

Qual é a importância do storytelling e páginas com descrições longas de produtos?

Qual é o impacto das mídias sociais no comércio eletrônico?

Qual é o tamanho do comércio eletrônico brasileiro?

Quais são meus principais custos com comércio eletrônico?

 

Espero você lá! Leve suas perguntas e transforme esta palestra debate em algo além de nossos limites.

Sábado, 19/10 18h00 no espaço Carlos Gomes da Livraria Saraiva do Shopping Iguatemi Campinas. Vagas limitadas. Palestra gratuita.

Vá e se você não gostar, aproveite para jantar, ir ao cinema ou ao teatro do shopping.