Category: Propaganda

5 tarefas de marketing para um restaurante vender melhor

1. Crie um produto único
Este será o seu diferencial na temporada e irá despertar a curiosidade do consumidor

O ser humano gosta de experiências novas, gosta do novo, do diferente. Isso faz as pessoas se sentirem mais vivas, principalmente quando a experiência envolve vários sentidos – paladar, olfato, visão, audição e tato.

Ir jantar em um restaurante é uma dessas experiências multissensoriais. Muitas vezes os potenciais clientes desejam conhecer um estabelecimento novo, com uma decoração arrojada, pratos diferentes e saborosos, mas acaba ficando inibido pela percepção do local ser muito caro ou não ser para o perfil dele.

Por isso é importante que você desenvolva uma categoria de produtos que são únicos e que sejam diferentes. A curiosidade por conhecer estes produtos deverá ser algo tão forte quanto o “medo” de conhecer o restaurante.

Quando o cliente conversar com alguém que foi experimentar o produto, vai ficar interessado, fazer perguntas sobre se foi bom, se o preço vale a pena, se o lugar é legal. Aos poucos ele vai aumentando o desejo de experimentar, principalmente se alguns amigos já experimentaram a novidade.

 

2 – Torne este produto acessível e seletivo simultaneamente.

Este novo produto será o convite de entrada para que o consumidor possa fazer o teste inicial no seu restaurante. A maioria das pessoas leva pelo menos um acompanhante para comer algo. Portanto o preço deve ser convidativo e ao mesmo tempo seletivo – é acessível mas não é para todos.

Na mente do consumidor ele cria a situação de consumo, imagina o quanto vai gastar, se o espaço irá proporcionar uma boa experiência, se o serviço será de qualidade, enfim, cria expectativas e avalia se são condizentes com o preço que irá pagar para.

Por isso, o produto isca deve ser acessível e seletivo simultaneamente – é bom, é uma oportunidade, não é para todos mas é para mim. Esta é a percepção que deve ficar na mente do consumidor após ser impactado pela comunicação.

 

3 – Selecione as mídias  para obter a melhor relação custo / ação
Melhor não significa apenas mais barato. É preciso encontrar o perfil de uma mídia que fale de forma diferenciada e impactante com o seu público-alvo para enviar a mensagem de forma única.

Escolha mídias de amplitude regional, contextualizadas e de alto impacto.

Para ações regionalizadas, placas de outdoor sempre deverão ser cogitadas como canal eficaz de comunicação.

Mapeie a rotina do seu público-alvo e escolha as placas baseando-se nestes passos do dia-a-dia.

Para ações regionalizadas, você sempre deverá lançar mão de ferramentas complementares como o Google Places e o Foursquare, onde a informação divulgada em outras mídias será complementada e melhor detalhada, com a vantagem de poder ser totalmente mensurada em número de acessos, comentários, indicações positivas ou negativas e até mesmo cadastros de usuários.

Por isso a melhor relação custo / ação será obtida quando se envolve uma mídia de amplo alcance com a internet, onde se mede as ações individualmente e produzindo informação detalhada sobre metas e resultados, além do faturamento.

 

 

4 – Comunicação limpa e objetiva e chamando para ação

Tenha em mente que o consumidor terá 3 segundos para ler a placa de outdoor quando não estiver parado em um semáforo.

Por isso a arte deverá ser de alto impacto visual e fazer o consumidor entender o que você está vendendo, se é para ele, quando, onde e como ele compra.

No segmento de alimentação, a foto faz 80% do trabalho. O resto é texto. Por isso tenha em mente que você terá que fazer a produção de alguns testes do prato ou produto que deseja fotografar, e que de preferência seja no seu estabelecimento. Isso será de vital importância no impacto final sobre as vendas.

Depois da foto, o preço é a segunda informação mais importante. Pense no preço ideal para mostrar que é acessível mas não é para todos, assim você irá conseguir segmentar. Preço é um das melhores ferramentas de segmentação de marketing.

Portanto a imagem do outdoor irá mostrar que é algo de qualidade, algo bom e diferenciado. Vai criar uma percepção que irá começar a segmentar o extrato do público que você deseja.

O preço irá mostrar é uma boa oportunidade de experimentar algo novo para que no futuro, em novas ocasiões especiais o cliente conheça um excelente local para jantar novamente.

Assim, em 3 segundos, você deu o primeiro passo para gerar uma percepção adequada para impactar as vendas do seu negócio.

 

5 – Tenha o melhor atendimento do mundo

Muito bem. Nós conseguimos levar clientes para o restaurante. Tenha cuidado para que você não tenha subdimensionado sua capacidade de atendimento, pois agora é hora de você promover a melhor experiência dos últimos tempos para seus novos clientes.

Fazê-los esperar demasiadamente. Não ter o produto anunciado em estoque. Ter poucos garçons atendendo. Estes são pontos cruciais e que irão determinar se estes clientes voltarão mais vezes ou não. Pontos que na maioria das ações promovidas pelos clubes de compra coletiva geram experiências desastrosas – filas gigantes, esperas intermináveis, falta de ingredientes dos pratos divulgados e clientes que só irão voltar em outra ação igual.

Simplesmente você terá que oferecer um atendimento impecável. Assim você estará fidelizando os clientes que foram experimentar seu estabelecimento.

Sampling Inovador – quebrando paradigmas e melhorando o retorno sobre investimento

Esta forma de pesquisa quebra muitos paradigmas e traz uma grande vantagem que encontramos hoje na internet que é a mensuração de dados em tempo real a partir do uso dos usuários. Você já pensou em aplicar esta idéia no seu negócio? Experimente agora mesmo e ofereça novos serviços e produtos grátis para seus clientes avaliarem. Segundo a reportagem, quando eles gostam a experimentação é seguida de compra. Confira todos os detalhes no texto abaixo de Bruno Mello, do Mundo do Marketing | 23/06/2010

O conceito de loja com produtos grátis para os consumidores Continue lendo 'Sampling Inovador – quebrando paradigmas e melhorando o retorno sobre investimento'»

Campanha Óleo para a Vida – Você doa, todo mundo ganha

Em parceria com Wagner Bastos, consultor e palestrante de Marketing Promocional, realizei a direção de arte da campanha de reciclagem de óleo de cozinha Óleo para a Vida que teve início em 21/03/2010.

Ao analisarmos o briefing da campanha de comunicação, constatamos que os benfícios diretos à população se extendiam em uma enorme rede de benefícios indiretos de grande impacto na sociedade, passando desde maior economia com limpeza de caixas de gordura de condomínios verticais até a conscientização de crianças com a importância do consumo consciente e de como se deve proceder para aproveitar ao máximo os resíduos dos nossos hábitos de consumo. A associação da identidade da campanha com o símbolo do infinito fluiu rapidamente e foi o início da direção de arte realizada. Bom, o resto da história você pode ajudar a escrever, além de conferir diretamente na Paróquia Divino Salvador em Campinas/SP.

Veja como é fácil participar:

cartaz A3

Você não está contratando o passado de uma agência. O que você contrata é o futuro dela.

O CEO da Mullen, agência de Boston, Edward Boches propoe 5 perguntas que um chief marketing officer deveria fazer quando prospecta 1 nova agência.
Boches fez as perguntas em um texto em seu blog e explica porque

“…você nao está contratando o passado de uma agência, você está contratando seu futuro. E esse futuro, embora seja em parte formado por conquistas anteriores, será provavelmente um reflexo da visao da agência, das novas pessoas que está contratando e de sua vontade de abraçar o que está por vir em lugar de preservar o que já foi”.

As 5 perguntas

1 –  Qual o futuro da propaganda?

2 –  O que vc está fazendo para assegurar sua sobrevivência?

3 – Qual o seu critério para contratar pessoas?

4 – Qual é a sua definição de um time criativo?

5 – Quais as 5 idéias criativas recentes que não são anúncios?

Agora se você realmente não se preocupa com estas questões, lembre-se que os seus principais concorrentes podem estar se preocupando e isso significa que em breve clientes que poderiam comprar de você estarão comprando dele.

Fonte: Bluebus

Faça primeiro o mais importante…

Porque a vida passa muito rápido.

Concentre-se na principal atividade do seu negócio para que você ganhe bastante dinheiro e possa dedicar mais do seu tempo para as coisas realmente importantes da sua vida, pois ela passa num piscar de olhos, … ou pelo menos alguns.

Por isso, contrate especialistas para cuidarem do marketing e da comunicação da sua empresa enquanto você se concentra em torná-la cada vez mais especial para os seus clientes. Entre em contato agora mesmo.

Peugeot versão Pixar Studios

fonte: Assuntos Criativos

1500 horas para fazer animação com Lego

Marketing Digital no Natal: Dicas para vender mais com e-mail marketing

As ações digitais para conquista de mais consumidores no final do ano ganham espaço cada vez maior na comunicação entre marcas e público. Acompanhe abaixo as dicas de Juliana Padron, e veja como garantir a assertividade nas ações de email marketing, comumente aplicadas com mais frequência na época mais movimentada do ano.

1. Design: Lembre-se de que, em qualquer segmento, design agrega valor ao produto. Por isso, inove no design da comunicação, diferencie o email marketing sazonal dos demais enviados ao longo do ano. Procure traduzir o “espírito festivo” da época em uma peça visualmente atraente e não esqueça de desejar Boas Festas aos destinatários. Uma mensagem simples, mas com um design elegante pode fazer a diferença.

2. Conteúdo: A inovação também pode estar presente no conteúdo da mensagem. Uma linguagem mais descontraída do que de costume pode transmitir uma certa aproximação. Resista à tentação de criar mensagens muito extensas, com uma grande variedade de conteúdo ou de produtos. Lembre-se que seus destinatários receberão outras mensagens comerciais, provavelmente, de seus concorrentes. Procure oferecer conteúdo relevante e crie um diferencial para sua empresa. O último item desta lista traz dicas de como trabalhar este diferencial!

3. Frequência: Fim de ano é sinônimo de muitos presentes, muitas guloseimas e… muitas mensagens de festas. Aumentar a frequência de envio de email marketing nesta época é natural, pois mesmo já muito próximo ao Natal, sempre há alguém atrasado com as compras e que precisa “desesperadamente” de opções. Apenas cuidado para não parecer insistente ou, pior, apelativo. Acompanhe os relatórios de seus envios para verificar o interesse dos destinatários por seu conteúdo e para checar se o aumento na frequência de envio de email marketing está realmente trazendo retorno.

4. Personalização e Segmentação: Verifique se a base de contatos está devidamente preenchida e atualizada. Numa época em que recebemos tantos “Feliz-Natal-e-Próspero-Ano-Novo” automáticos e vazios, use as informações dos destinatários para personalizar suas mensagens e fazer uma comunicação one-to-one, tratando-os como indivíduos únicos. Segmente o email marketing oferecendo conteúdo relevante de acordo com cada interesse. Após o primeiro envio, analise os resultados e crie novas segmentações, com base na interação dos usuários com a mensagem e na navegação pelo website.

5. Diferencial: Analise o que seu concorrente NÃO está fazendo e o que você poderia fazer de melhor. Nesta época do ano, as pessoas estão ainda mais atarefadas e sem tempo. Portanto, a preferência de compra vai para quem oferece mais vantagens, facilidades e a melhor relação custo benefício. Para as B2B, além do tradicional cartão de boas de festas, que tal incluir um convite para uma confraternização ou um benefício relacionado ao serviço prestado por sua empresa? Nada melhor para começar o novo ano com o pé direito e bons relacionamentos!

Coca-Cola x Pepsi – A Guerra continua

Breve vídeo publicado em HSM Multimídia sobre a guerra entre as duas marcas. Para quem tem SKY vale a pena assistir…

www.hsmglobal.com

Redes sociais na era do marketing digital

Assista a este vídeo para entender o que a internet, como mídia social, pode fazer pelo seu negócio.
Para entender como podemos criar uma rede de mídias sociais com a sua empresa, fale conosco.